Pulo do Lobo

sábado, janeiro 07, 2006

Mau gosto

9 Comments:

  • At 11:43 da tarde, Anonymous joyce said…

    Não. Porque mais barroca (e rota) que a pérola deste post não há!

     
  • At 12:34 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    Não me dá qualquer motivo de satisfação. Contudo seria interessante ver o que se passou no País do "son Ami" com a vaga de calor que, infelismente, matou pessoas.
    Estas comparadas, se tal fosse possivel e aceitável, poderia chegar-se a conclusões interessantes.
    Francamente. è inacreditável que esse figurão nunca mais tenha tento na lingua e honestidade (pelo menos, pelo menos) intelectual e respeito pela inteligência dos outros.

     
  • At 12:39 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    "(...) Desde logo, a questão básica: será bom ser primeiro-ministro com Cavaco Presidente?
    A resposta é simples: Cavaco Silva é o melhor Presidente da República que um bom primeiro ministro pode ter e o pior Presidente que um mau primeiro ministro pode ter.
    Se for um bom primeiro ministro, íntegro, articulado, preparado, corajoso e orientado para resultados, José Sócrates terá em Cavaco Silva um excelente aliado.
    Se for errático nos objectivos ou mal preparado nas políticas, não terá um relacionamento fácil com Cavaco, certamente que não. (...)"

    Antonio Pinto Leite-expresso,7.11

     
  • At 2:28 da manhã, Anonymous FE said…

    Para Mário Soares, Deus e o demónio são frutos da mesma árvore genealógica.

    Apesar da provecta idade, ainda não consegue distinguir, com nitidez, a diferença entre o bem e o mal.

    Ironia do destino, o povo português também já não consegue reconhecer a bondade da sua candidatura.

    Será que anda tudo confuso, ou Soares, em delírio existencial e torpe insensibilidade, acredita que com o mal dos outros pode ele bem?

    Soares é uma árvore que, quando olha para a floresta, só se consegue ver a si próprio.

    Talvez, por isso, no próximo dia 22 nem Deus lhe valerá! Ele ficará a pensar que foi obra do demónio - uma vez que não é um homem religioso, passe o paradoxo. Mas não, Dr. Soares, foi a inteligência do povo português que, apesar dos "Katrinas" cá do burgo, continua a saber que vozes de burro não chegam ao céu!!! (Ó desculpem, à presidência da República).

    Como diz a canção: Para melhor, está bem, está bem. Para pior, já basta assim.

     
  • At 1:13 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Abomino essa mania que alguns têm de meter Deus nos assuntos humanos.
    Isso é, pura e simplesmente, uma falta de respeito! Bush e Bin Laden, compreende-se; agora Soares... 'A minha alma está parva'...
    Mas o capitalismo selvagem e o neoliberalismo (sem aspas) são bem de temer; não percebo é ao que vêm.
    Se se trata de insinuar que Cavaco Silva os defende, começa por ser o próprio Mário Soares a saber que não.
    Ter-se-á ele lembrado de levar a honestidade intelectual ao famoso 'check-up'?

    Vitor Correia

     
  • At 2:55 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    O que a rapaziada do Comics quer é distrair-vos com estes fait divers de bolo rei, de capas do Expresso e de Grandolas cantadas ao serão, e vocês embarcam na onda deles.
    Perguntem-lhes o que lucrou Soares com as suas amizades com Miterrand, Craxi, Eduardo dos Santos, Brandt, Carlucci...
    De caminho, aproveitem para fazerem contas ao património de Soares, um teso em Paris antes do 25 de Abril e agora muitas vezes milionário. A revolução ficou-lhe tão bem! Associem essas manigâncias à incomensurável fortuna de Soares e aos negócios feitos pelo PS quando passa pelo governo,não se esqueçam da lista de todos aqueles que o ex-presidente reuniu à sua volta e vão ver que as redes tecidas pelo Mário deixam a internet roxa de inveja. E não deixem de fazer uma demorada paragem em Macau, que o Soares não deixou por lá os seus créditos desbaratados. Façam isso e vão ver os rapazolas do Comics a definhar, a amarelecer, a ficarem varadinhos de todo.
    Vá lá lobos, não se façam distraídos, que isto assim até quase parece o coro da igreja a acompanhar com cânticos sacros a entronização de Soares em Belém.

     
  • At 12:24 da manhã, Blogger António Viriato said…

    A observação de Soares é ditada pela raiva, pelo seu azedume actual, que o faz invectivar o grande satã americano, à maneira dos Aiatolas do Irão. Mas aqui para nós, bons irmãos, o colapso da sociedade civil e militar americana, na altura do Katrina, espelha a enorme fragilidade social do gigante americano : nem autoridade, nem ordem, nem assistência médica, nem defesa civil, nem militar, nada subsistiu à catástrofe, apenas caos, pânico e vandalismo generalizados sobrevieram. É isto que se propõe substituir o Estado Social europeu ? Atentai bem nisto, irmãos mui liberais !

     
  • At 2:34 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    Soares, se fosse religioso, era muçulmano! BEM VISTO.

     
  • At 10:48 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    E se fosse muçulmano?
    Ainda Cavaco não ganhou e já espreita a cabeça da víbora?
    Bendito cavaquismo...

     

Enviar um comentário

<< Home