Pulo do Lobo

terça-feira, dezembro 13, 2005

Debate - 5

Quando, há dez anos, Jerónimo de Sousa defrontou pela primeira vez Cavaco Silva num debate, ao lado de Jorge Sampaio, tinha quase a certeza de que este seria o escolhido e que ele, mais tarde ou mais cedo, acabaria por sair de cena, claudicando a favor do futuro presidente. Desta vez, Jerónimo tem muitas dúvidas de que Cavaco não venha a ser o próximo chefe do Estado, eleito numa única eleição de que ele não pretende desistir. Por isso, e ao contrário do que ele próprio anunciou, não "desblindou" Cavaco. Foi mais frouxo do que Louçã na demagogia e na revisitação fácil do tenebroso passado "cavaquista". Indirectamente, dificultou um pouco mais o caminho a Mário Soares que terá de ser ainda mais "radical" do que tem sido. Este debate teve demasiada "economia" e alguma da chamada "preocupação social", porventura por causa da presença do secretário-geral do PC. Os dois "pivots" da SIC têm sido, até agora, os mais fracos e simultaneamente os mais "alinhados" pelo "modelo" que Cavaco aprecia e que claramente o favorece. Como lhe competia, Jerónimo, candidato e líder do PC, falou mais "para trás" e Cavaco, naturalmente, falou mais "para a frente". Um "segura" votos, o outro quer "segurar" o país. Apenas isso.

3 Comments:

  • At 12:43 da manhã, Blogger Arrebenta said…

    Lésbica, monástica e comunista

    http://great-portuguese-disaster.blogspot.com/

    A convite deste espaço, brevemente, teremos a colaborar, entre nós, a Irmã Antónia, do Carmelo de Santa Perpétua de Tusa.
    Farta do voto de silêncio, decidiu voltar a teclar.

    Cavaco, NÃO!...
    Maria!?... NUNCA MAIS!...

    E é, ou não é verdade, que, em qualquer blogue, uma freira comunista fica sempre bem?...

     
  • At 1:20 da manhã, Anonymous Joyce said…

    Os 2 pivots da SIC primaram pela "isenção"!

     
  • At 5:42 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Arrebenta(do/a) você, cettamente, sofre de alguns traumas.
    A debitar estupidez, é aquela máquina. Não se quer curar? Pois vá ao médico!

     

Enviar um comentário

<< Home