Pulo do Lobo

sexta-feira, janeiro 13, 2006

Qualquer Coisa

Era de esperar.
Sem novos escândalos, o Bicho Carpinteiro e o Super-Mário postam avidamente a "carantonha" de Cavaco no seu (não) comentário televisivo à entrevista de Santana Lopes.
Se eu fosse o Nanni Moretti pedia-lhes, de joelhos, "digam qualquer coisa de esquerda, por favor! Digam!"
Mas não sou. Por isso, limito-me a pedir "digam qualquer coisa, por favor! Digam!"

6 Comments:

  • At 3:39 da tarde, Blogger rb said…

    Como é possível fazer uma carantonha daquelas?! Tão enigmática quanto o seu pensamento sobre o que disse o enfant terrible, do PSD.Os comentadores descreveram a entrevista de PSL como uma peça política sublime. Cavaco fez a cara que vale mais que mil palavras.

     
  • At 4:42 da tarde, Blogger lv said…

    Também observo aqui várias fotos de Mário Soares.

     
  • At 5:03 da tarde, Blogger Vitor Correia said…

    Nem Nanni Moretti, nem o Papa - ninguém. Pois se eles não só não são de esquerda, como nunca foram... Remeto para a superabundante documentação existente a este respeito.
    Quando ouço falar de 'direita dos interesses', não consigo deixar de esboçar um sorriso: se houve quem a acarinhasse, foi o PS...
    Eles são tão 'de direita' como vcs.
    Mas vcs, ao menos, não disfarçam: é assim e é assim mesmo!...

     
  • At 11:12 da manhã, Blogger hidden persuader said…

    Democraticamente volto a lançar o seguinte desafio:

    O que é preferível?

    Mudar de ideias quando os factos mudam, como Soares fez ao anunciar que se re-candidatava?

    Ou deliberadamente omitir os factos, como Cavaco fez ao dizer há cerca de 3 meses atrás que ainda ia consultar a familía e os portugueses, quando toda a sua entourage tinha já alugado com meses de antecedência, o espaço da sua futura sede de candidatura?

    Sinto que ainda oiço os ecos da minha interrogação, pois ninguém se pronunciou sobre a mesma.

    Vá lá, sejam intelectualmente honestos - no fundo, a futura presidência de Cavaco, não passa de um triunfo do apparatchik e de toda a máquina publicitária e de relações públicas, que está por detrás do mesmo a preparar o anúncio do "Esperado" ... há anos.

    As expectativas foram já insufladas no público-alvo: os eleitores portugueses. Cá estamos para ver se o produto final vendido por estes senhores, cumprirá o "overpromise" do benefício apregoado!

     
  • At 2:28 da tarde, Blogger Sérgio said…

    Mas é mesmo bom que estas imagens sejam vistas e revistas para que as pessoas percebam o que pode acontecer quando, numa qualquer situação de representação portuguesa, Cavaco for confrontado com alguma coisa que o incomode. Já imaginaram? Se Cavaco estiver com Bush ou Berlusconi não me parece que haja esse risco, porque a troca de impressões jamais incomodaria o candidato a rei, desculpem, presidente da república. Agora, se o candidato estiver com uma figura que defenda ideias que não as dele, corremos o risco de ver imagens destas muito mais vezes. Por um lado, confesso que ficaria muito divertido porque quando as vejo e revejo não consigo controlar a gargalhada, mas, por outro lado ficaria envergonhado perante uma representação deste nível.

     
  • At 3:27 da tarde, Blogger Pedro Picoito said…

    Sérgio, não percebo... Não gostaria de ver Cavaco a fazer a carantonha diante de Bush e Berlusconi?

     

Enviar um comentário

<< Home