Pulo do Lobo

segunda-feira, novembro 28, 2005

O Crispianismo

Já se percebeu a táctica de Manuel Alegre para não deixar Soares sozinho no palco com Cavaco: chama-se crispianismo. Sim, crispianismo, a doutrina segundo a qual Cavaco Silva é um homem "crispado" e que traz "crispação à política". Na semana passada, Alegre pregou-a na entrevista ao Público e em declarações avulsas aos jornalistas.
Só que esta doutrina, vinda do herege que agora divide o PS e a esquerda, talvez não chegue sequer para salvar a alma do apóstolo. Aconselho uma "aliança de civilizações" com o humanismo soarista, aliança por ora tragicamente inviável pelas razões conhecidas. Ah, se o não fossem!... Veríamos o humanismo crispão no seu máximo esplendor - Soares e Alegre a descer a Avenida da Liberdade de braço dado. E diria um: "o gajo fica crispado quando se fala nos Lusíadas, o nosso poema máximo, não sei se conheces". Ao que o outro responderia: "isso não me tira o sono, claro que conheço, fui eu que o escrevi". E viveriam felizes para sempre.

11 Comments:

Enviar um comentário

<< Home