Pulo do Lobo

segunda-feira, janeiro 23, 2006

Oooops, he did it again

Vital Moreira, em 2004, durante a campanha presidencial americana:

«Perante a patente superioridade do candidato democrata, os eleitores norte-americanos serão estúpidos



Suponho que hoje, depois da despromoção, a maioria dos portugueses que ontem votaram são estúpidos como os Americanos.

Meus caros, ainda Cavaco não tomou posse e já estamos de novo em rota de convergência!

19 Comments:

  • At 2:42 da tarde, Blogger el__sniper said…

    Concordo com Vital Moreira ´na seguinte parte:
    ...de um presidente maior do que o País (Mário Soares); 10 anos de um dos presidentes mais cultos e "aristocratas"(no verdadeiro sentido da noção) que já tivemos (Jorge Sampaio). Ter agora um presidente que não ultrapassa os limites de uma cultura economista e tecnocrática...
    discordo com o facto de ser uma despromoção, mas...

    Quanto aos eleitores em democracia serem burros, meu caro, muitas vezes na história o foram.
    Ou acha que foi um acto de inteligência democrática que fez o Hitler ganhar as eleições na Alemanha (42%)?
    Ou foi um acto de inteligência democrática os estados do sul dos EUA terem feito a secessão em nome da manutenção da escravatura?
    Ou foi um acto de inteligência democrática o Irão ter votado com votou nas últimas presidenciais?
    Querer dizer que as democracias são sempre inteligentes é também dizer que as escolhas anterios tb o foram, não é?

     
  • At 2:53 da tarde, Blogger Vitor Correia said…

    Faço um comentário por desfastio - para mim 'O Pulo do Lobo' acabou - e bem.
    Americanos (e também ingleses): Como é evidente, a distribuição da estupidez entre americanos e ingleses há-se ser semelhante à que se verifica entre os restantes povos. O que a 'esquerda' (a propósito, os americanos chamam-lhe 'fake left'. Os estúpidos!) não analisa é o efeito do MEDO, na sequência do 11 de Setembro. Ou seja, eles não os 'gramam', mas julgam que têm de os 'gramar'. Agora, que o 11 de Setembro começa a ser uma recordação longínqua, as coisas estão a mudar - como suponho que o Dr. VM sabe.
    Portugueseses: Se, acaso, o Dr. VM acha que os portugueses que votaram em Cavaco Silva são estúpidos, estará no seu direito. E os ditos cujos também...

     
  • At 3:05 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Vital Moreira não mostra ter grandes razões para acusar Cavaco de inculto. É verdade que Cavaco é de uma pobreza franciscana desse ponto de vista, mas quem escreve "inigma" com "i" é o quê?

    Eu sou anticavaquista mas tenho de reconhecer que as presidências do Soares vão ser reavaliadas pela História. A Grande figura do pós-25 de Abril será Cavaco, com mais estes dez anos no poder. Quer se queira, quer não. E o Soares-Presidente ficará como o Américo Tomás do Cavaco, que de4 vez em quando fazia umas traquinices. Esperem para ver.

     
  • At 7:23 da tarde, Blogger Ze_Manel said…

    Olhe, q muito curiosamente hoje a TSF traçava um perfil dos votantes de cavaco ( distritos onde ele obteve mais de 50 %), e mencionavam entre outras coisas, povo de zonas rurais com baixa escolaridade, e nomeadamente nortenhos, de viseu para cima. E que cavaco ficou muito aquem da conquista do eleitorado urbano informado. Alias isso notou-se ontem, com a constante descida da sua percentagem conforme se iam apurando os resultados nas grandes urbes.

     
  • At 7:28 da tarde, Blogger Ze_Manel said…

    Curiosamente hoje a TSF traçava um perfil da grande maioria dos votantes de cavaco (distritos onde obteve mais de 50 %)e diziam entre outras coisas, votantes de zonas rurais com baixo grau de escolaridade, nomeadamente no interior do pais, e maioritariamente nortenho. Alias salientavam que cavaco ficou muito aquem do esperado no eleitorado urbano informado. Foi notorio ontem a constante descida do seu resultado conforme se ia apurando as freguesias dos centros urbanos.
    Confesso que ontem a noite, cheguei a pensar nos EUA também, com a estoria dos estados "vermelhos", a america rural, que foi onde bush obteve a sua vitoria.

     
  • At 9:24 da tarde, Blogger Pedro Estácio said…

    Parece-me que o discurso de vitória do Prof.Cavaco Silva responde a todo esse sarcarmo e irritação do Dr. Vital Moreira!

    Pelo vistos, para a esquerda, o povo só não é estúpido e tem memória qd é a esquerda a ganhar! Onde está esse fair-play democrático que é apanágio (segundo tanto apergoam) da esquerda?

    Há que ver as coisas um bocadinho acima dos atacadores partidários! Há que pensar um pouco no nosso País!

    Pedro Estácio

     
  • At 9:24 da tarde, Blogger Pedro Estácio said…

    Parece-me que o discurso de vitória do Prof.Cavaco Silva responde a todo esse sarcarmo e irritação do Dr. Vital Moreira!

    Pelo vistos, para a esquerda, o povo só não é estúpido e tem memória qd é a esquerda a ganhar! Onde está esse fair-play democrático que é apanágio (segundo tanto apergoam) da esquerda?

    Há que ver as coisas um bocadinho acima dos atacadores partidários! Há que pensar um pouco no nosso País!

    Pedro Estácio

     
  • At 11:24 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Vital Moreira é um arrogante social-fascista.Muito pouco inteligente. Um verdadeiro comuna à antiga, que saiu do PCP porque não o deixavam mandar.
    Se o apanhasse dava-lhe uns murros ou chamava-lhe uns nomes. E espero que os americanos que votaram Bush façam o mesmo. Quem é esse palhaço de merda para estar a dizer que fomos despromovidos? O que já fez esse senhor na vida para além de ser prof numa faculdade à custa do regime monárquico que nelas vigora???

    Javardo

     
  • At 11:37 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Realmente ...

    Viana - 60.5%
    Braga - 57%
    Porto - 51.3%
    Aveiro - 59.7%
    Coimbra - 49.3%
    Leiria - 62.3%
    Lisboa - 44.6%
    Setubal - 32.1%
    Beja - 27.3%
    Faro - 48.7%

    ... se Braga, Porto, Aveiro e Leiria também entram no grupo do "Portugal rural, nomeadamente do interior, com baixo grau de escolaridade", então o país deve estar mesmo ao contrário ...

    ... e se ficou aquém do esperado no eleitorado urbano "informado", nomeadamente do litoral, realmente, os 44.6% em Lisboa só podem ser a demonstração disso mesmo ...

    ... a não ser que esse eleitorado esteja em Beja e arredores ...

    ... ou será que agora é preciso passar a fasquia dos 60% para se considerar que se atingiu o eleitorado?

     
  • At 12:26 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    muito bem dito...
    A margem acima dos 50% é de facto ínfima.
    Mas ao contrário do que diz Vital Moreira no seu mui-comentado-e-pouco-dado-à-inteligência comentário, a margem de vitória de Cavaco Silva é de cerca de 29,90% para o segundo classificado, que é mais do MS ou MA tiveram.
    Como é que isto o diminui??

    Por outro lado, embora as votações acima dos 60% sejam poucas e no "interior rural", a vitória, o ficar em primeiro, que é o que interessa numa eleição presidencial, essa acontece um pouco por toda a parte!
    "O povo é estúpido?" Que tiques de arrogância ressabiada e cega...

     
  • At 11:47 da manhã, Blogger eclipse said…

    Como lembrou Ricardo Araújo Pereira na Visão da semana passada, D. Afonso Henriques nunca leu Os Lusíadas".

     
  • At 12:15 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Fico espantado com a atenção e tempo que essa alimária toma às pessoas.
    Ele também foi candidato? Não me recordo.

     
  • At 2:54 da tarde, Anonymous André Militão said…

    "Suponho que hoje, depois da despromoção, a maioria dos portugueses que ontem votaram são estúpidos como os Americanos."


    Pois... realmente é a única explicação. É triste. Creio que nunca tivemos uma dupla 1º ministro/Presidente tão fraquinha, desde os tempos do Salazar/Américo Tomaz.

    Eu agora poderia fazer uma analogia entre os discursos de Cavaco e Américo Tomaz, mas não o vou fazer. Até porque se tenho de o aturar mais cinco anos, mais vale fazer de conta que não sou português e ir vivendo, já que felizmente ainda tenho essa possibilidade ao contrário de muita gente.


    Um abraço para todos os que fizeram este blog e espero sinceramente que gozem bem o Sócrates e o Cavaco, vocês merecem-nos. Não, a sério! Se os portugueses são estúpidos e acham que é boa ideia entrar neste esquema neoliberal de cortes nos direitos sociais e protecionismo das grandes empresas, ora pois... azar o nosso! Qualquer pessoa tinha obrigação de saber quem era e o que defendia Cavaco. Se o sabiam e votaram nele, tudo bem, são opções, se não sabiam é porque são estúpidos.

     
  • At 3:02 da tarde, Blogger DCP said…

    Que grande demonstração de fair play democrático deram e continuam a dar os derrotados!!!
    Independentemente de ser culto ou iletrado, rural ou urbano, pobre ou rico, o povo é, foi e continuará a ser soberano.

     
  • At 10:15 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Prometam-me que se eu algum dia me tornar tão inteligente como qualquer besta "militãote" me dão um tiro, se faz favor!

     
  • At 3:08 da tarde, Anonymous André Militão said…

    Epá, amigo DCP eu não ponho em causa a soberania popular. De maneira nenhuma!
    Claro que o que eu disse foi disparatado e que obviamente os portugueses não são estúpidos. Há diversas razões pelas quais Cavaco teve os votos que teve. E não é obviamente uma questão de estupidez, mas sim de conformismo.

    Peço desculpa pois o que disse era muito emotivo e pouco racional e não é para ser levado a sério (excepto a comparação entre Cavaco e Américo Tomaz que me parece acertada).


    Contudo, garanto que muita gente que votou não tem bem ideia daquilo que nos espera e que ainda se há de arrepender e nas próximas eleições votará no candidato do PS. E assim nos vamos entretendo, ora votamos PS, ora votamos PSD. Ora Cavaco, ora Guterres. E a qualidade de vida e os direitos sociais sempre a diminuir.

     
  • At 3:27 da tarde, Blogger el__sniper said…

    Demonstração de fair play democrático não é aceitar a derrota e entrar no navio.
    É, mesmo derrotado continuar a lutar pelo que pensamos justo, é dizer que os outros erraram, persitir na mesma convicção pq se não fosse assim não precisávamos de democracias, estariamos todos com o poder.
    Já agora no post com % falta os distritos do interior norte, porque será?

     
  • At 11:16 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    duh! Faltam os distritos do interior norte porque se escreveu isto:

    "... perfil da grande maioria dos votantes de cavaco (distritos onde obteve mais de 50 %) e diziam entre outras coisas, votantes de zonas rurais com baixo grau de escolaridade, nomeadamente no interior do pais, e maioritariamente nortenho."

    Viu-se que afinal o litoral e zonas urbanas, também tiveram grandes percentagens, ao contrário do que se estava a querer mostrar! Dois distritos acima de 60% (Viana e Leiria), dois muitos próximos de 60% (Braga e Aveiro), dois próximos de 50% (Porto com 51% e Coimbra com 49%) sem falar de Lisboa que teve 44%. Se estes distritos são sobretudo zonas rurais com habitantes com pouca escolaridade ... enfim. É que por essa ordem de ideias podemos dizer que o perfil dos eleitores de esquerda são "votantes de zonas rurais com baixo grau de escolaridade", nomeadamente no sul do país.

    Mas pronto, aqui vão os restantes:

    Bragança - 67.3%
    Vila Real - 64.4%
    Viseu - 65.7%
    Guarda - 60.3%
    Castelo Branco - 49.7%
    Santarém - 47.8%
    Évora - 31.5%
    Portalegre - 37.8%

     
  • At 5:04 da tarde, Anonymous golfing equipment said…

    I've had better years. PGA Championship Too bad because the unique scoring system did offer a change of pace on the tour, and one of the most amazing second place finishes, ever, when Steve Lowery did the following: Missed 10-foot birdie putt on 18th hole at The INTERNATIONAL which would have given him the win by one over Rich Beem. In golf you need all 10 fingers, and you need your back. If the PGA has convictions, it would, too.

     

Enviar um comentário

<< Home