Pulo do Lobo

segunda-feira, dezembro 26, 2005

Roma Não Paga a Traidores

E por falar no VPV (desculpem lá a confiança, mas isso do "respeitinho" é salazarista), o nosso coblogger João Gonçalves conseguiu a proeza de ser mais citado do que ele no Super-Mário durante o fim-de-semana. Espírito natalício? Não! O que provocou as super-citações foi o facto de o João (ele que me desculpe a confiança, mas isso do "respeitinho" etc.) ter confessado o voto em Soares em 86 e 91, em Sócrates nas recentes legislativas e em Cavaco no próximo mês de Janeiro. No mundo arrumadinho dos soaristas, onde os votos do PSD e do PP são para Cavaco, os do PS para Soares, os do PCP e do Bloco também para Soares (na segunda volta) e os dos frequentadores da livraria Ler Devagar para Manuel Alegre, exemplos como os do camarada Gonçalves passam por fenómenos do Entroncamento.
O choque nada teria de preocupante, se não tivesse consequências. O PS não gosta de votos à solta, pelo menos os seus (os limianos são outra história). Mas Roma não paga a traidores, avisou uma vez o evangélico Guterres. Quem se mete com o PS leva, repetiu o menos evangélico Coelho. Manuel Alegre devia desfiliar-se do PS, prosseguiu Soares. João Gonçalves baralha-nos, queixa-se a estimável concorrência.
Não se trata de uma questão individual: é um modo de ver a política. No mundo arrumadinho dos soaristas, toda a gente pertence a uma - e só uma - tribo. Republicanos, socialistas e laicos. Comunistas da Internacional soviética. Fascistas façanhudos. Pacatos conservadores. Neoliberais. Americanos. Europeus. Mouros. Africanos da UNITA. Africanos do MPLA. Chineses. Macau. E assim por diante.
Os soaristas detestam crossovers. Respeitam muito a coerência de Cunhal, um comunista à moda antiga. O fantasma do dr. Salazar merece-lhes a suprema honra de o considerarem vivo. Mas o camarada Blair e a sua "terceira via", que misturam socialismo e liberalismo e ganham eleições... Ou o camarada Sócrates, "o pior do guterrismo", como chegou a dizer Soares... Ou uma direita plenamente democrata... Ou, pior ainda, uma direita social-democrata que tem o desplante de alcançar maiorias absolutas e de chegar a Belém... Isto é que os soaristas não engolem. E o João Gonçalves, claro. E os muitos como ele. Roma não paga a traidores.
Roma ainda não percebeu que ninguém está à espera de ser pago. Porque Cavaco vai vencer. Com o voto do João Gonçalves e de muitos como ele.

11 Comments:

Enviar um comentário

<< Home