Pulo do Lobo

terça-feira, janeiro 17, 2006

O desespero

Para além de desconfiar de sondagens feitas através de telefones fixos, Soares (ou os seus apoiantes) também encontrou outros motivos originais para desvalorizar as sondagens: "membros da comitiva de Soares desvalorizaram a recente sondagem da Universidade Católica para a RTP-Público-Antena 1, que lhe deu 13% dos votos, atrás de Cavaco Silva (60%) e Manuel Alegre (16%), por ter sido feita pela instituição onde Cavaco é professor" (DN, 8/1/2006). À atenção das margens-de-erro ...