Pulo do Lobo

sexta-feira, dezembro 16, 2005

Telhados de vidro

Soares chamou Alegre de "utópico". Mas por estes dias assistimos, em Bruxelas, a propósito do orçamento da UE, a um triste espectáculo de interresses inconciliáveis que, no fundo, transformam em utopia uma das mais célebres lutas de Soares: o federalismo europeu. Haja um jornalista competente que lhe lembre os telhados de vidro.

2 Comments:

  • At 5:23 da tarde, Blogger Torquato da Luz said…

    Coelho, Vitorino e Costa tentam, a todo o custo, evitar a "tragédia" que será, para o PS e sobretudo para eles, um "score" eleitoral de Alegre superior ao de Soares.
    Mas, entre a curiosidade e o divertimento, a maioria dos portugueses não quer é perder o espectáculo das consequências de tal "tragédia", bem como as posteriores piruetas dos referidos cérebros.
    Parafraseando Coelho, "vocês hadem ver"...

     
  • At 12:31 da tarde, Blogger eumesmo said…

    Mas alguém ainda dá verdadeira importância ao que diz Mário Soares?
    Apenas se trata esse senhor com a indulgência que se dá a uma pessoa que já não conta...
    A NATO não deve servir para combater o terrorismo... Negociações com os ditos...A presença da NATO no Afganistão, embora autorizada pela ONU, não é legítima...Os direitos humanos são uma questão cultural...
    Querem mais?!
    Está bem Mário...pronto...tens razão...deixa lá isso...

     

Enviar um comentário

<< Home