Pulo do Lobo

quarta-feira, novembro 23, 2005

O folhetim

Por vezes, e ainda que não seja nada comigo, sinto genuíno embaraço ao assistir a situações públicas confrangedoras. O folhetim da escolha do candidato socialista, agora revisitado, volta a embaraçar-me.
Será tão importante saber qual a quarta escolha do Partido Socialista, após Guterres, Vitorino e Gama (creio não me ter esquecido de nenhum)? É este um tema essencial na ordem de trabalhos pretendida para a campanha eleitoral? A ponto do embaraço, deles e meu?
Claro que também não me sinto particularmente confortável pelo facto do Primeiro-Ministro do meu país insistir em posar nesta fotografia. Na qual nenhum dos intervenientes fica bem e o sentido de Estado nem sequer aparece.
Gosto de acreditar que, por muito que os jornalistas esperneiem, nunca se ouvirá de Cavaco Silva qualquer aproveitamento político deste estimulante folhetim. Por muito que custe aos histéricos do costume, também nos silêncios se conhece os candidatos.
No post inicial deste blogue afirmou-se um duplo desejo: que “os outro candidatos percam as eleições. Com dignidade”. Compreendo que não estejam disponíveis a contribuir para o primeiro, mas vejam lá se nos dão uma ajuda no segundo.

17 Comments:

Enviar um comentário

<< Home