Pulo do Lobo

quarta-feira, novembro 09, 2005

It's the economy

Soares fala com escárnio de Cavaco, da sua alegada fixação economicista, da sua mesquinhez de comerciante. Faz mal. Os tempos são de crise. Os portugueses sentem os bolsos cada vez mais vazios. Não é numa estrutura humanista que confiam, não é em sobressaltos cívico-intelectuais que vão acreditar. Louçã, que é muito mais inteligente, percebeu isso perfeitamente. E vai a jogo onde o jogo se joga: na Economia. Pelo que se viu ontem na apresentação do seu manifesto, rematará quase sempre ao lado e fará o anti-jogo do costume. Mas estará lá, no campo, rodeado nas bancadas de portugueses em dificuldade. Enquanto isso, Soares permanece em casa, a mudar de canal.

1 Comments:

  • At 11:51 da manhã, Blogger daniel said…

    Concordo que, não devendo a discussão presidencial centrar-se na economia, ela é hoje um terreno decisivo para a compreensão da realidade do país no contexto internacional. Não devendo assim (Cavaco) subalternizar outros temas, a subalternização da economia (por Soares) é fatal para a credibilidade de um candidato. Vejam-se as superficiais declarações de Soares na Casa da Música a propósito da derrapagem orçamental. Indesculpável, esta atitude de menosprezo pelo dinheiro público sobre esta ideia insustentável de que o dinheiro sempre acaba por aparecer. Os portugueses bem sentem as consequências a que esta atitude tem conduzido o país.
    Os portugueses sentem bem "isso" ou "essa coisa" do défice, como lhe chamou Soares. É que "isso" bem nos tem doído a todos, no dia a dia.

     

Enviar um comentário

<< Home