Pulo do Lobo

quarta-feira, novembro 30, 2005

Bom perder...

Filipe Nunes sublinha, no seu mário, pela voz do próprio Mário, as qualidades democráticas do mesmo que, segundo si próprio, tem um bom perder "excepcional". Lembrei-me logo (não sei porquê) de um certo embate que Monsieur Soares travou com Nicole Fontaine, para a presidência do Parlamento Europeu... cheio de elevação, dignidade e (antecipado) bom perder democrático.

6 Comments:

  • At 8:36 da tarde, Blogger Pedro Estácio said…

    He,he,he, sem dúvida!!

    O Sr.Dr.Marocas tem um bom perder quando ganha,..., caso contrário a coisa não é lá muito democrática!

     
  • At 9:49 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Quem é este?

     
  • At 10:28 da tarde, Blogger Passarinha said…

    alguém daqui quer vir a Ibiza depois das eleições?

     
  • At 10:52 da tarde, Anonymous José Costa said…

    Sr. Rafael Lucas Pires, se é como penso filho do Dr. Francisco Lucas Pires , deixe-me antes de mais felicitá-lo porque apesar de não perfilhar a mesma ideologia do seu pai reconheço que foi uma figura brilhante do pensamento neo-connservador mas democrático em Portugal no pós 25 de Abril, uma pessoa cativante, senhor de um discurso de verbo fácil e inteligente, um verdadeiro comunicador nato e um gentleman da política , que granjeou simpatias em todos os quadrantes da sociedade portuguesa.
    Quanto ao seu post, aconselho prudência e caldos de galinha, porque a procissão ainda vai no adro e ainda é cedo para para deitar foguetes.
    Embora Cavaco seja o favorito nas sondagens, a verdadeira sondagem é feita nas urnas em 22/01/06 e até ao lavar dos cestos é vindima.

     
  • At 11:47 da tarde, Blogger rais said…

    Foi hoje a entrevista com Mário Soares na RTP 1. Logo à partida não poderia ser tão bom quanto seria desejável por estar Judite de Sousa do outro lado da mesa. Não suporto estes jornalistas que têm a mania de se comportar como adversários políticos dos seus convidados. Deve ser uma pessoa insuportável. Tal como Mário Soares. Mas a este último desculpa-se o mau génio - aos velhos perdoam-se muitos vícios.
    Em todo o caso, esperava que Soares me surpreendesse. Procurei deixar de lado os preconceitos, ouvir atentamente, não me aliar a nenhum dos lados da barricada. Mas nem assim. O jovial avôzinho democrático não sabe nem comportar-se nem ser hábil com as palavras. É um gabarolas, um arrogante, um convencido, um teimoso, um rabugento, enfim: um velhote.
    Esperemos pelos debates.

     
  • At 8:47 da manhã, Anonymous Anónimo said…

    Where did you find it? Interesting read »

     

Enviar um comentário

<< Home